Pilates e nutrição

Pilates é um exercício físico que considera diversos movimentos com ou sem uso de equipamentos, fornecendo melhorias de postura, condicionamento físico, emagrecimento, relaxamento podendo favorecer resultados positivos no tratamento de ansiedade, estresse e depressão, alongamento e até mesmo reabilitação. Vale ressaltar que os exercícios devem ser realizados na presença de profissionais habilitados para diminuir riscos de lesões.





Para atingir seus objetivos a prática dos exercícios deve ser aliada com alimentação saudável. Dê preferência aos nutrientes provenientes de alimentos naturais, como:


Carboidratos: devem ser calculados de acordo com a necessidade de cada indivíduo, dando preferência ao carboidrato de baixo índice glicêmico, este tipo de carboidrato chega de forma mais lenta na corrente sanguínea, diminuindo impactos negativos ao organismo. Além disso, fornece energia e auxilia na modulação do sistema imune. Fontes alimentares: arroz, quinoa, macarrão, pães, tubérculos (batata inglesa, batata doce, inhame, mandioca, cará).


Proteínas: é recomendado uma dieta rica em proteínas tanto para construção quanto para preservação de massa muscular. Fontes: carnes (bovina, frango, peixes), ovos, leites e derivados, grãos. Caso não seja possível alcançar a quantidade ideal de proteína através da alimentação, é indicado a inclusão de whey protein.


Gorduras boas: são fundamentais para o organismo, no entanto, o ômega 3 possui características anti-inflamatórias auxiliando a recuperação de lesões provocadas pelo exercício físico. Fontes: salmão, tilápia, atum, óleo de linhaça, chia, oleaginosas.


Antioxidantes: o exercício físico gera um estresse ao corpo, onde radicais livres podem ser liberados em grandes concentrações ocasionando danos nas células dos tecidos, para evitar este tipo de ação é recomendando incluir alimentos com propriedades antioxidantes. Fontes: laranja, morango, goiaba, acerola, kiwi, cenoura, brócolis, couve, oleaginosas.


Colina: é um nutriente que ajuda bastante no foco e concentração, uma vez que o pilates é um exercício físico que depende bastante desses fatores. Fontes alimentares: ovo, brócolis, couve-flor, quinoa, salmão.


Como o pilates utiliza várias vias metabólicas para uso de energia (vias dependentes de glicose e gordura) do nosso organismo, é recomendado consumir pré-treino e pós treino para garantir maior rendimento. Ideias de:

· Pré-treino: dar maior ênfase para carboidratos pois ele fornecerá energia para a realização dos exercícios, como: pão (de preferência integral), tapioca, batata inglesa, batata doce, mandioca, arroz, macarrão. Incluir proteínas para maior preservação de massa muscular, como: ovos, pasta de amendoim, atum.

· Pós treino: dar mais atenção para proteína, pois ela será responsável pela construção e recuperação muscular, como: ovos, frango desfiado, atum.

Para concluir, é possível ver que o pilates aliado com uma alimentação saudável fornece diversos benefícios para o corpo e mente.


Nutricionista Esportiva Isabelle Zanoni nutrição wellness
Nutricionista Esportiva graduada pelo Centro Universitário São Camilo com extensão em Home Care e Neurobiologia da Ingestão de Alimentos, especialista na área de Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Certificada em Advanced Nutrition Specialist pela IFBB Academy.
Palestrante em diversos eventos e docente do curso técnico do Hospital Israelita Albert Einstein.
Dra. Isabelle Zanoni
Arquivo
Tag Cloud
Dra. Isabelle Zanoni :: Nutricionista Esportiva : Perdizes/SP