Nutrição e LPO

Como já é sugerido no nome, o LPO é um esporte Olímpico e seu objetivo final é levantar a maior carga possível para cima da cabeça. Seja no arranco, mais conhecido como snatch, ou no arremesso, mais conhecido com clean and jerk.


Para progredir tanto nas cargas quanto na modalidade, o treinamento não deve ser limitado aos movimentos básicos. Por isso a base deve ser sempre trabalhada, mais precisamente, exercícios de força como agachamento, levantamento terra, remadas e supino.

Neste esporte, o que determina em qual categoria encontra-se o atleta é o seu peso corporal.





Nutrição e LPO

O LPO se assemelha com outras modalidades que as categorias são divididas pelo peso corporal, ou seja, basicamente os atletas limitam o consumo energético, para reduzir seu peso e se enquadrar em uma categoria de peso inferior.


Porém em muitas vezes essa estratégia pode não ser muito interessante, pois com a necessidade de se treinar em alto nível para progredir tanto em carga quanto em técnica, o consumo calórico inadequado pode resultar em problemas nutricionais e em queda de rendimento.


A hidratação (beber água durante o treino) tem um papel importante no esporte, sendo uma das responsáveis pela manutenção da temperatura corporal e o transporte de substâncias importantes para todo o corpo humano. Um grau leve de desidratação pode prejudicar a capacidade de desempenho e impedir um desempenho máximo.


As proteínas são fundamentais na formação de massa muscular. Para os atletas de força, a proteína tem papel importante para fornecer substrato para a síntese de massa muscular, sendo interessante uma dieta hiperproteica. As proteínas são encontradas em: carnes, leite, peixe e ovos.


Os carboidratos são as principais fontes de energia para o corpo utilizar na hora do treino. Quanto maior for a intensidade e o tempo de duração do treino , maior será a participação dos carboidratos. A Diretriz da Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte, a ingestão de carboidratos corresponde a 60 a 70% da ingestão calórica de um dia de treino. Os carboidratos são encontrados em massas, pães, batata, mandioca, frutas e arroz.


Os lipídios são importantes para os treinos de longa duração, para atingir o total de energia necessária durante o dia. Para a ingestão de gordura recomenda-se no máximo 30%, ou menos, do valor calórico total da dieta, sempre com moderação na gordura saturada.


Procure sempre um nutricionista para planejar sua dieta de acordo com suas necessidades, é imprescindível que seja alinhado com o mesmo os objetivos do seu treinamento para que haja um planejamento individualizado voltado em otimizar e melhorar o tempo até o objetivo.

Nutricionista Esportiva Isabelle Zanoni nutrição wellness
Nutricionista Esportiva graduada pelo Centro Universitário São Camilo com extensão em Home Care e Neurobiologia da Ingestão de Alimentos, especialista na área de Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Certificada em Advanced Nutrition Specialist pela IFBB Academy.
Palestrante em diversos eventos e docente do curso técnico do Hospital Israelita Albert Einstein.
Dra. Isabelle Zanoni
Arquivo
Tag Cloud
Dra. Isabelle Zanoni :: Nutricionista Esportiva : Perdizes/SP