Sarcopenia (perda de massa muscular)

Antigamente, o estilo de vida do homem era muito diferente, principalmente em relação aos trabalhos físicos. Os homens precisavam caçar para se alimentar, o que consequentemente acarreta em uma alimentação mais natural e limpa, bem como bom condicionamento físico. Nos dias de hoje, o acesso ao alimento se tornou fácil, principalmente pelo surgimento dos industrializados. Uma das consequências do mundo moderno é o sedentarismo, já que passamos grande parte do nosso dia sentados e com pouco tempo para se alimentar de forma adequada, o que aumenta a busca por alimentos rápidos e fáceis, como os processados.

O sedentarismo é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento da sarcopenia em idosos visto que os mesmos tornaram-se menos hábeis e com expectativa de vida reduzida. A inatividade física pode trazer inúmeras consequências, tanto para o bem estar físico como mental.

A sarcopenia é a perda de massa muscular e esquelética que acomete, principalmente, o público idoso. É mais recorrente em idosos sedentários e limita muito o dia a dia do indivíduo. A sarcopenia pode levar à fragilidade, deficiência, institucionalização e até mortalidade. Vários estudos confirmam que a prevalência de incapacidade e dependência funcional em idosos podem ser fator de risco para o desenvolvimento da sarcopenia. Outro possível fator de risco é a diminuição do apetite, muito recorrente em idosos. A boa alimentação, em quantidade e qualidade adequadas, é essencial para a preservação da massa magra. O declínio do hormônio do crescimento (GH) que ocorre na população idosa também é um possível desencadeador da sarcopenia.

A intervenção mais eficaz para diminuição, recuperação ou prevenção da sarcopenia está associada aos exercícios de resistência, ou seja, musculação. Para que se tenha um envelhecimento saudável é importante que sejam realizados exercícios físicos associados à uma alimentação saudável e o mais natural possível. A presença de boa quantidade de massa magra é essencial para que o indivíduo consiga realizar as atividades do dia a dia sem auxílio como caminhar, sentar, subir escadas, dirigir, entre outros.


Referências Bibliograficas

LENARDT, Maria Helena et al. Fragilidade e qualidade de vida de idosos usuários da atenção básica de saúde. Rev Bras Enfermagem, Curitiba-pr, v. 69, n. 3, p.478-483, maio 2016.

MARZETTI, Emanuele et al. Mitochondrial dysfunction and sarcopenia of aging: from signaling pathways to clinical trials. Institutes Health Of National, Italy, v. 10, n. 45, p.1-30, 01 out. 2014.

HOPPEN, Amanda; PERASSOLO, Magda Susana. Revista Conhecimento OnlineTRATAMENTO COM HORMÔNIO DO CRESCIMENTO: BAIXA ESTATURA VERSUS ENVELHECIMENTO. Revista Conhecimento Online, São Paulo, v. 1, n. 1, p.1-17, mar. 2010.

SILVA, Tatiana Alves de Araujo et al. Sarcopenia Associada ao Envelhecimento: Aspectos Etiológicos e Opções Terapêuticas. Rev Bras Reumatol, São Paulo, v. 46, n. 6, p.391-397, dez. 2006.

Nutricionista Esportiva graduada pelo Centro Universitário São Camilo com extensão em Home Care e Neurobiologia da Ingestão de Alimentos, especialista na área de Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Certificada em Advanced Nutrition Specialist pela IFBB Academy.
Palestrante em diversos eventos e docente do curso técnico do Hospital Israelita Albert Einstein.
Dra. Isabelle Zanoni
Arquivo
Tag Cloud
Dra. Isabelle Zanoni :: Nutricionista Esportiva : Perdizes/SP

Eu posso lhe atender nos seguintes locais:

Consultório

Rua Fabia, 759 - Vila Romana

AP Academia

Rua Ribeirão Vermelho, 459 - Pirituba

Agende sua Consulta!

Telefone: (11) 99301-0889

contato@conceitovitamine.com

Para Consultorias em Saúde, Palestras, Eventos e Cursos, entre em contato por e-mail

Siga nas Redes Sociais a Isabelle Zanoni

Facebook Isabelle Zanoni
Instagram Dra. Isabelle Zanoni

Todos os direitos reservados.