Novidades em nutrição, porque desconfiar?


No mundo contemporâneo em que vivemos, somos bombardeados de informações vindas de todos os lados como, revistas, programas de televisão e redes sociais, e as notícias com o tema de nutrição são consideradas umas das mais polêmicas, pois a procura pelo corpo ideal aumenta cada vez mais entre as pessoas, e a mídia acaba desempenhando um papel estruturador na construção e desconstrução de procedimentos alimentares.

Todos os dias, vemos notícias do tipo “dieta x faz emagrecer 10 kg em uma semana”, “alimento x auxilia na diminuição do colesterol”, até notícias como “a tal dieta é uma farsa e pode aumentar o risco de diabetes”. E porque devemos filtrar essas informações?

Os meios de comunicação veiculam e produzem notícias e expectativas nos indivíduos com propagandas, informações e noticiário em que de um lado estimulam o uso de produtos dietéticos e práticas alimentares para emagrecimento e, de outro, instigam ao consumo de lanches tipo fast-food. Não se trata de uma decisão ou ação das empresas midiáticas, elas agregam um contexto empresarial e um sistema de crenças em que há uma estreita relação entre uma suposta verdade biomédica e um desejo social e individual.

Muitas vezes, essas redes de informações que publicam essas notícias não tem o olhar científico sobre as questões abordadas, os textos não são escritos por nutricionistas ou médicos que dominam o assunto, e sim por jornalistas que fizeram uma breve pesquisa sobre, resumiram e destacaram partes mais interessantes para o leitor se identificar ou comprar algum produto relacionado a tal. O fato de ser informativo não significa que seja adequado, científico, saudável. O discurso midiático é confuso e pode ser ardiloso. A informação, no caso, não representa, necessariamente, a “verdade”, não é educativa nem formadora e não cria alicerces sólidos para o indivíduo.

A busca por leitores, visualizações e seguidores é abundante, e qualquer notícia que chame a sua atenção será bem vinda nesses casos. Saiba filtrar as informações que está recebendo, procurar um profissional qualificado para te direcionar quanto às novidades, e ter olhar crítico sobre qualquer coisa milagrosa relacionada à nutrição.

Em nutrição milagres não existem. O que existe é o equilíbrio e o estilo de vida saudável em um todo.

O nutricionista, quando procura alguma novidade, o faz em base de dados científicos, em congressos direcionados à área, em artigos com estudos sobre o assunto e metodologia adequada para a comprovação desta novidade, e a indicação ao paciente só será feita assim que houver segurança nas informações e estudos realizados. Seja crítico!

Referência:

SERRA, Giane Moliari Amaral; SANTOS, Elizabeth Moreira dos. Saúde e mídia na construção da obesidade e do corpo perfeito. Ciênc. saúde coletiva, São Paulo, v. 8, n. 3, p. 691-701, 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/csc/v8n3/17450.pdf>. Acesso em: 22 mar. 2017.

Nutricionista Esportiva graduada pelo Centro Universitário São Camilo com extensão em Home Care e Neurobiologia da Ingestão de Alimentos, especialista na área de Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Certificada em Advanced Nutrition Specialist pela IFBB Academy.
Palestrante em diversos eventos e docente do curso técnico do Hospital Israelita Albert Einstein.
Dra. Isabelle Zanoni
Arquivo
Tag Cloud
Dra. Isabelle Zanoni :: Nutricionista Esportiva : Perdizes/SP

Eu posso lhe atender nos seguintes locais:

Consultório

Rua Fabia, 759 - Vila Romana

AP Academia

Rua Ribeirão Vermelho, 459 - Pirituba

Agende sua Consulta!

Telefone: (11) 99301-0889

contato@conceitovitamine.com

Para Consultorias em Saúde, Palestras, Eventos e Cursos, entre em contato por e-mail

Siga nas Redes Sociais a Isabelle Zanoni

Facebook Isabelle Zanoni
Instagram Dra. Isabelle Zanoni

Todos os direitos reservados.