Quero fazer dieta, vou ter que cozinhar?

04/09/2017

No Brasil e em muitos outros países está ocorrendo uma desvalorização do ato de preparar, combinar e cozinhar alimentos como prática cultural e social. Junto acontece a multiplicação das tarefas cotidianas e a oferta massiva e da publicidade agressiva dos alimentos ultraprocessados.

 

As propagandas desses alimentos ultraprocessados muitas vezes sugerem preparar alimentos em casa seria uma perda de tempo, que poderia ser usado em outras atividades mais “produtivas”.

 

Cozinhar é um ato saudável, e importante para o conhecimento dos ingredientes e nutrientes que compõe seu prato. A chave da alimentação saudável é se afastar cada vez mais dos alimentos prontos industrializados e aumentar o consumo de alimentos caseiros de boa qualidade nutricional.

 

Se você não sabe cozinhar, e isso vale para homens e mulheres, procure aprender. Para isso, converse com as pessoas que sabem cozinhar, peça receitas a familiares, amigos e colegas, leia livros, consulte a internet, eventualmente faça cursos e comece a cozinhar!

 

Como todas as habilidades, o preparo de alimentos melhora quando é praticado. Você vai se surpreender com os progressos que pode fazer em pouco tempo e com o prazer que o preparo de alimentos pode acrescentar à sua vida.

 

No começo, simplifique as receitas. Crie uma lista de receitas simples e rápidas para fazer no dia-a-dia.

 

Para aqueles que realmente não possuem tempo e disponibilidade para o ato de cozinhar, hoje em dia existem muitas empresas que vendem preparações saudáveis prontas, podendo ser compradas até pela internet, e entregues em casa. Muitas dessas empresas fazem as preparações de acordo com seu plano alimentar.

 

Mas não deixe o ato de cozinhar longe de você. Sempre que possível teste uma nova receita e envolva seus familiares e amigos.

 

Referência:

Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de atenção Básica. Guia Alimentar para a População Brasileira/Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. 2. ed. – Brasília: Ministério da Saúde, 2014.

Please reload

Nutricionista Esportiva graduada pelo Centro Universitário São Camilo com extensão em Home Care e Neurobiologia da Ingestão de Alimentos, especialista na área de Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Certificada em Advanced Nutrition Specialist pela IFBB Academy.
Palestrante em diversos eventos e docente do curso técnico do Hospital Israelita Albert Einstein.
Dra. Isabelle Zanoni
Arquivo
Please reload

Tag Cloud