Proteínas

26/06/2017

Primeiramente o que são as proteínas?

 

As proteínas são macromoléculas orgânicas formadas por uma sequencia de moléculas menores chamadas de aminoácidos, esses aminoácidos são ligados entre si através de ligações peptídicas. Tendo um papel fundamental no nosso organismo, as proteínas têm diversas funções, dentre elas podemos citar:

  • Função estrutural, ou seja, as proteínas são os constituintes básicos das fibras musculares, cabelo, ossos, dentes e pele e ajudam ainda a dar maior consistência e elasticidade aos tecidos;

  • A função enzimática onde as enzimas são capazes de catalisar reações químicas, intra ou extracelulares, ou seja ela acelera a reação química sem alterar a sua composição;

  • Atua no sistema imunológico na defesa do organismo contra os organismos invasores, como bactérias, vírus e outras substâncias nocivas e estranhas;

  • Ajudam na regulação de atividades metabólicas como, por exemplo, a insulina que ajuda a regular a taxa de glicose do sangue;

  • Função de transporte que são aquelas que atuam no transporte de moléculas para dentro e para fora das células como, por exemplo, na forma de hemoglobina ajudando no transporte de oxigênio.

Como foi dito anteriormente, as proteínas são compostas por uma sequência de aminoácidos, dentre esses aminoácidos alguns podem ser produzidos pelo nosso próprio organismo, chamados de aminoácidos não essenciais, e outros precisam ser fornecidos através da alimentação, chamados de aminoácidos essenciais.

 

Mas onde encontrar esse aminoácidos essenciais? Eles podem ser encontrados em dois tipo de fonte de proteína, as de origem animal como peixe, carne, frango, ovo, que contem ótimas quantidades de aminoácidos essenciais e os de origem vegetal como os cereais, leguminosas e oleaginosas que fornecem um pouquinho de cada um dos aminoácidos essenciais em proporções diferentes.

 

Na prática de atividade física esses aminoácidos são muito importantes, e a ausência de qualquer um desses aminoácidos pode comprometer a capacidade de crescimento do tecido muscular, a sua reparação ou até mesmo a perda da massa magra. Após a pratica de atividade física a quantidade de glicogênio muscular é reduzida e ocorrem micro lesões musculares, por conta disso é recomendado ingerir além da proteína pós treino, uma combinação entre carboidrato proteína, com o intuito de repor o estoque de glicogênio e melhorar a recuperação das fibras musculares. Por isso é extremamente importante adequar o seu consumo proteico diário levando em consideração a pratica de atividade física. Os tipos de proteínas e fontes iremos discutir em outro texto ;)

 

 

 

 

 

FOGAÇA, Jennifer Rocha Vargas. "Função das proteínas e suas fontes na alimentação"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/funcao-das-proteinas-suas-fontes-na-alimentacao.htm>. Acesso em 04 de marco de 2017.

 

HOFFMAN, Jay R; FALVO, Michael J. Protein – which is best?. Journal of Sports Science and Medicine. v. 3, p. 118-130, 2004.

 

Please reload

Nutricionista Esportiva graduada pelo Centro Universitário São Camilo com extensão em Home Care e Neurobiologia da Ingestão de Alimentos, especialista na área de Obesidade e Emagrecimento pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Certificada em Advanced Nutrition Specialist pela IFBB Academy.
Palestrante em diversos eventos e docente do curso técnico do Hospital Israelita Albert Einstein.
Dra. Isabelle Zanoni
Arquivo
Please reload

Tag Cloud